Blog

Ninguém pode voltar atrás e fazer um novo começo, mas é possível começar de novo e fazer um novo fim.

Chico Xavier

Concorrência desleal

Depois de um ano, terminei de ler o romance Crime e Castigo de Dostoiévski. Foram muitas idas e vindas, mas finalmente na semana passada, terminei de ler esse romance tão famoso. Mas porque eu demorei tanto tempo para devorar as 500 e tantas páginas do livro que é muito intenso e delicioso de se lerContinuar lendo “Concorrência desleal”

A ilusão da vida

Ontem, quando a enfermeira do posto de saúde aqui em BH aplicava os 0,3 ml da vacina da Pfizer Covid 19 no meu braço direito eu pensei … Se o Thiago, meu sobrinho de Catalão – GO e Giuliano, meu vizinho de Alumínio – SP, que vi crescer desde a infância, tivessem tido essa bençãoContinuar lendo “A ilusão da vida”

Eles passarão… Eu passarinho!

Hoje vou falar um pouco da minha experiência como engenheiro químico durante 33 anos na última vida passada, nas posições de engenheiro de produção / processos / projetos de expansão, coordenador de assistência ao cliente, gerente de desenvolvimento de novos negócios e finalmente gerente de serviços técnicos. Espero com esse depoimento, passar a vista doContinuar lendo “Eles passarão… Eu passarinho!”

Escrever, um ato de coragem

Como sou um escritor recém saído do armário aos 56 anos, que chegou atrasado às salas de aulas, tento compensar o tempo perdido fazendo cursos para melhorar a minha escrita. Me sinto como aquele rapaz ou garota, que pela necessidade de trabalhar em tenra idade, teve que abdicar dos estudos e já com a idadeContinuar lendo “Escrever, um ato de coragem”

Tia Sumile

Existem pessoas que estar junto delas me faz muito bem. É difícil explicar por que, mas acho que é um pouco de admiração, afinidade, simpatia e reverência. Mas tem um quê de espiritual, que transcende tudo isso também. A tia Sumile, irmã da minha mãe, dois anos mais velha que ela, era uma pessoa assim.Continuar lendo “Tia Sumile”

A Opus Dei

Achei que tinha conhecido a Opus Dei sem querer, mas na verdade, nada tinha sido obra do acaso… Em 1980 eu tinha 14 anos, estudava no colégio Positivo em Curitiba e cursava o primeiro ano colegial. Um dia, o diretor do colégio me chamou para dizer que como o melhor aluno do primeiro ano colegial,Continuar lendo “A Opus Dei”

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.


Siga meu blog

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: