Tia Sumile

Existem pessoas que estar junto delas me faz muito bem. É difícil explicar por que, mas acho que é um pouco de admiração, afinidade, simpatia e reverência. Mas tem um quê de espiritual, que transcende tudo isso também. A tia Sumile, irmã da minha mãe, dois anos mais velha que ela, era uma pessoa assim.Continuar lendo “Tia Sumile”