Watashitachi wa onaji Hotoke no kodomodesu

Fazia muito calor no corredor mal iluminado do predinho de quatro andares do bairro Renascença II em São Luís MA. Com o molho de chaves nas mãos e o suor já começando a escorrer pela testa, eu experimentava cada chave na tentativa de finalmente abrir a porta da sala do apartamento de três quartos, suíteContinuar lendo “Watashitachi wa onaji Hotoke no kodomodesu”